Detalhes da Notícia

APPM participa de reunião que discute solução para acidentes com animais em rodovias federais

A APPM participou, na manhã desta quarta-feira (08), de uma reunião promovida pela Polícia Rodoviária Federal do Piauí (PRF-PI), que teve como objetivo avançar nas tratativas concernentes à possível celebração de Cooperação Técnica entre os municípios e a PRF, na ação de retirada e salvaguarda de animais encontrados nas rodovias e estradas federais no estado do Piauí, e a alocação dos mesmos em espaço apropriado para alojamento e manejo.

O encontro aconteceu na sede da APPM, ocasião em que os órgãos envolvidos fizeram uma explanação acerca do que cada entidade estaria se propondo a contribuir. O presidente da entidade municipalista, Paulo César Morais, participou do debate, ressaltando a importância do projeto e enfatizando a necessidade da elaboração de um plano de trabalho pautado no respeito à capacidade financeira dos municípios.

“A iniciativa é louvável, pois aqui estamos falando de salvar vidas. Os prefeitos não são contra a iniciativa da PRF de se realizar um acordo técnico com os municípios para a retirada de animais das rodovias, até porque sabemos dos altos índices de sinistros que ocorrem todo ano no nosso Estado, mas pra que isso ocorra existe um custo, uma despesa. O que nós não aceitamos mais é a imposição de atribuições que necessitam de custeio para sua execução recaírem somente para os municípios, que são os entes mais pobres da federação. Nesse caso, o correto é se estudar uma via que não prejudique financeiramente os municípios e se consiga realizar esse importante trabalho que está sendo proposto pela PRF”, destaca o presidente Paulo César.

A PRF informou que está se propondo a ir até os municípios conversar com os prefeitos e criadores, como forma de promover a conscientização e o cumprimento da obrigação de manter os animais recolhidos e em local seguro, que não adentre a via pública. Esclareceu, ainda, que será feita uma campanha educativa de orientação dos criadores, e posteriormente, após prazo estabelecido, irá agir de forma mais repressiva. Na reunião, a PRF também forneceu um levantamento contendo o número de acidentes, inclusive com óbitos, ocasionados por animais nas rodovias ferderais do estado.

Paulo Moreno, superintendente da Polícia Rodoviária Federal no Estado do Piauí (PRF-PI), em sua fala pontuou a necessidade da ação ser realizada com a participação dos municípios.

“A problemática dos animais nas rodovias federais, que causam muitos acidentes e têm ceifado inúmeras vidas, motivou a PRF a buscar parceiros e atores que compõem todo o sistema de segurança viária, e aqui incluímos os municípios, para juntos buscarmos a melhor solução para essa questão sensível que enfrentam diversas famílias e há a necessidade premente de uma ação do estado como um todo”, enfatiza Moreno.

O professor da UFPI, Luiz Augusto de Oliveira, esteve participando do encontro, fazendo uma abordagem acerca da evolução dos entendimentos que permeiam a formatação do projeto.

“Algum tempo atrás fomos convidados, pela PRF, para participar de uma reunião onde a pauta seria o recolhimento e a destinação dos animais que se encontram soltos nas BRs do estado do Piauí. Paralelo a isso, fomos provocados pelo MP3, instituição filantrópica que nos confirmou já ter, a princípio, um local que funcionaria como santuário onde esses animais seriam destinados a uma moradia final. Logo depois outras instituições passaram a fazer parte da força tarefa. Então já estamos na terceira reunião, onde evoluímos bem nas proposições, mas ainda faltam algumas decisões, onde esperamos que nas próximas reuniões a gente consiga finalizar esse projeto”, finaliza Luiz Augusto.

Participaram da reunião o presidente da APPM, Paulo César Morais; o prefeito de Santa Cruz dos Milagres, Wilney Rodrigues; Simplício Mendes, Márcio Moura; representantes da Polícia Rodoviária Federal no Estado do Piauí (PRF-PI);  Ministério Público do Estado do Piauí (MPPI); Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT); Secretaria de Estado dos Transportes (SETRANS); Movimento pela Paz na Periferia (MP3); Universidade Federal do Piauí (UFPI); Hospital Veterinário Universitário (HVU); Centro de Zoonoses de Teresina; técnicos dos municípios de Piripiri, Picos e Parnaíba; o diretor-geral da APPM, Cleiton Coutino; a procuradora, Uiana Coimbra; e a chefe de gabinete, Andréa Campos.

Ficou estabelecido que os municípios de Bom Jesus, Campo Maior, Floriano, Parnaíba, Picos, Piripiri, Teresina, Valença, São Raimundo Nonato e Santa Filomena serão os municípios polos do projeto, por concentrarem no seu perímetro os maiores números de sinistros. Para o próximo encontro, o Batalhão de Polícia Rodoviária do Estado do Piauí (BPRE-PI), será convocado para participar do grupo, e será solicitado ao Instituto de Terras do Piauí (INTERPI), um relatório das terras devolutas do Estado.


08 de Junho de 2022 20:40

APPM

Associação Piauiense de Municípios - APPM

  • Atendimento de segunda a sexta entre 7:30 - 13:30.
    Av. Pedro Freitas, 2000 - Vermelha, Teresina - PI, CEP: 64018-900
  • Telefone: (86) 2107-7944 / 2107-7919
  • E-mail: institucional@appm.org.br

Desenvolvido por STS Informática