(86) 2107-7900 / 2107-7919      

Presidente e vice-presidente da APPM participam, em Brasília, de reunião do Conselho Político da CNM

O Piauí teve assento garantido em mais uma reunião do Conselho Político da CNM, onde todas as cinco regiões do Brasil foram representadas pelos presidentes das entidades municipalistas dos 26 Estados da Federação. Na solenidade, o presidente da entidade, Glademir Aroldi, coordenou os debates que, entre outros assuntos, trataram das pautas e das próximas articulações do movimento municipalista.

Representando a entidade municipalista piauiense participaram da reunião o presidente da APPM, Gil Carlos, e o vice-presidente da instituição, Jonas Moura.


O presidente da CNM e os presidentes das entidades decidiram que o movimento municipalista fará uma mobilização nos dias 19 e 20 de novembro. “A previsão é que no dia 19 a gente se reúna com o Executivo, para tratar de assuntos que ainda podem avançar neste governo. E no dia 20 pela manhã nossa pauta será no Judiciário, para buscar junto ao presidente do Supremo Tribunal Federal a análise dos royalties e à tarde no Congresso Nacional”, explicou Aroldi. 

Para o presidente da APPM, Gil Carlos, as reuniões promovidas pela CNM, além de integrarem e fortalecerem o municipalismo brasileiro, reforçam o debate sobre os principais problemas que inviabilizam as gestões públicas.

“A CNM e as entidades estaduais vão se somar ao movimento para aprovar a reforma tributária ainda nesta legislatura. O seu relator, deputado Luiz Carlos Hauly, e o coordenador da Frente Municipalista, deputado Herculano Passos, estão otimistas com a pauta. O ambiente político é favorável”, destaca Gil Carlos.


As pautas que avançaram e outras sete matérias que podem avançar no Executivo foram debatidas na reunião. Aroldi aproveitou para mostrar aos municipalistas um mapa com a situação dos mais de 2 mil municípios que assinaram o abaixo-assinado pelo julgamento da liminar que suspendeu a Lei 12.734/2012, que previa a distribuição dos recursos provenientes do petróleo.

Além disso, as pautas que tratam no Congresso Nacional também foram debatidas pelos prefeitos. Aroldi lembrou que, mesmo nesse final de ano, os gestores devem estar mobilizados pela aprovação de pautas que são de interesse dos Municípios. “Essa mobilização será uma oportunidade de cobrar de deputados e senadores avanços importantes no final de mandato de muitos deles”, explicou.

Após o fim das discussões internas do Conselho Político, os gestores receberam alguns parlamentares na sede da CNM que reafirmaram o compromisso com as pautas municipalistas. Estiveram presentes os seguintes deputados Luiz Carlos Hauly (PSDB-PR); Herculano Passos (MDB-SP); Raquel Muniz (PSD-MG); Alan Rick (DEM/AC) e o deputado eleito para a próxima legislatura Pedro Westphalen (PP-RS).

Com informações da Agência CNM.