(86) 2107-7900 / 2107-7919      

Em Campo Maior, APPM participa do aniversário de 196 anos da Batalha do Jenipapo

Com uma vasta programação organizada pelo Governo do Estado e a prefeitura municipal de Campo Maior, o Piauí celebrou, no dia de ontem (13/03), os 196 anos da Batalha do Jenipapo. Solenidades religiosas, cívico-militares e culturais fizeram parte do evento, que aconteceu no local denominado Monumento do Jenipapo, região onde ocorreu uma das batalhas mais sangrentas da história do Brasil.

Na solenidade, o governador Wellington Dias fez a entrega de Outorga da Ordem Estadual do Mérito Renascença a pessoas que contribuíram para o desenvolvimento do Estado e o prefeito de Campo Maior, José de Ribamar, entregou da Medalha Heróis do Jenipapo. As comemorações contaram, ainda, com a apresentação do espetáculo teatral “A Batalha do Jenipapo”, que contou com a participação de 120 atores e tem como diretor o ator Franklin Pires.

O presidente da APPM, Jonas Moura, participou da programação representando os municípios piauienses e prestigiou a colega Vilma Lima, prefeita de São João do Arraial e 2ª suplente do Conselho Fiscal da APPM, que foi agraciada com a outorga de Oficial da Ordem Estadual do Mérito Renascença. Ao todo, foram condecorados 28 cidadãos com a Medalha do Mérito Renascença do Piauí e mais 28 com a Medalha Heróis do Jenipapo.

Para o prefeito de Campo Maior, Ribinha, a data tem uma grande representatividade no cenário municipal, estadual e nacional.

“É necessário relembrar o 1823, ano em que ocorreu a batalha sangrenta em prol da Independência do Brasil, que demonstrou a coragem do campo-maiorense, a fé e a esperança por dias melhores. É por isso que sempre realizamos essa programação intensa com a parte religiosa, as comemorações com homenagens e a peça que retrata de forma emocionante essa jornada. É uma história que dá forças para que o povo de Campo Maior continue lutando, vencendo batalhas e inspirando muitos cidadãos”, pontuou o gestor.

Confira relação de homenageados na Ordem Estadual do Mérito Renascença do Piauí:

Cavaleiro

1.    Alexsandro Gomes de Carvalho

2.    Gilberto Oliveira Machado da Costa

3.    João Gomes de Vasconcelos

4.    Maria das Graças Chaves

5.    Maria do Socorro Machado Neta

6.    Sílvio César de Oliveira Ribeiro

Oficial

1.    Álina Célia Santos Menezes Santiago

2.    Almir Alves Rebêlo

3.    Benedita Vilma Lima

4.    Cristovão Portela de Carvalho

5.    Danyel Castelo Branco

6.    Elias Melo da Silva

7.    Francisco Edilson de Sousa

8.    Heldervan Lopez Eugênio Gomes

9.    Ítalo Joffily Pereira da Costa Neto

10. José Adairton de Jesus Coelho

11. José Ricardo Ribeiro de Amorim

12. Lêda Maria Correia de Miranda Silva

13. Luiz Ferreira

14. Nilzana Vieira Gomes

15. Raimundo Soares Cavalcante – Mestre Dico

Comendador

1.    Edilson da Silva Cruz

2.    Fernando Eulálio Nunes

3.    Dom Francisco de Assis

4.    Georgiano Fernandes Lima Neto

5.    Gildete Milu da Silva Sousa

6.    Márcio Vieira Costa

Grã-Cruz

1.       Washington Luís Bezerra de Araújo

Homenageados Medalha Heróis do Jenipapo: 

PRIMEIRA ENTRADA

1.     Anamelka Albuquerque Cadena

2.     Antônio Carlos da Costa e Silva 

3.     Antonio Francisco Barbosa Filho

4.     Carlos Augusto Torres Santos

5.     Cássio Ronaldo de Moraes Rufino

6.     Celso Barros Coelho Neto

7.     Dênio Farias Marinho

8.     Edvaldo Santos e Silva

9.     Eycon de Almeida Oliveira

10.  Fernando Cavalcante Frota

11.  Francisco das Chagas Silva

12.  Francisco de Assis

13.  Gildásio Guedes Fernandes

14.  Hermogem de Melo Paz

15.  Hilio Max Cardoso de Araújo

SEGUNDA ENTRADA

1.     Idelfonso Alves Pereira

2.     Jairton dos Santos Moura

3.     Jefferson da Silva Lima

4.     José Flávio Furtado Marinho

5.     Julianne Brito Vilela

6.     Liége da Cunha Ribeiro Cavalcante Gonçalves

7.     Marcelo Henrique Pires Leite

8.     Maria Aparecida Batista Silva

9.     Maria Célia de Araújo Nascimento

10.  Paulo de Tarso Bezerra Gomes

11.  Paulo Roberto Mendes de Araújo

12.  Walquiria Rodrigues Alencar

13.  Washington Luís Bezerra de Araújo