(86) 2107-7900 / 2107-7919      

APPM recebe presidente do FNDE e cobra investimentos na educação dos municípios

O presidente do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), professor Carlos Alberto Decotelli, esteve na manhã de hoje (10) cumprindo agenda no Piauí, e participou de reunião com representantes da Diretoria da APPM, na sede da entidade.

Decotelli foi recebido pelo presidente da instituição, Jonas Moura; o presidente da AMPAR, Diego Teixeira; e a presidente da UNDIME-PI, Cleidimar Tavares. Na ocasião, conheceu a sede da APPM e parabenizou o presidente da casa pela estrutura oferecida aos municípios piauienses.

O presidente veio anunciar um novo formato de funcionamento do FNDE, onde o órgão não será somente um mero repassador de recursos para os municípios, mas investirá na montagem e no aprimoramento de novas estratégias.

“A educação do Brasil é um desafio para qualificar profissionalmente a vida dos brasileiros em relação à sua cidadania integral. Nesse aspecto, a determinação do presidente Jair Bolsonaro e do ministro da Educação Abraham Weintraub é que o FNDE priorize a gestão, gestão de não mais apenas fazer a imposição dos trabalhos a partir de Brasília, mas sim um FNDE mais Brasil”, destaca Decotelli.

Ainda segundo o presidente do FNDE, os financiamentos de escolas, transporte escolar e merenda, entre outros temas, serão deliberados com base nas necessidades específicas de cada município.

“Nós agora queremos conversar, queremos a autocrítica do que estamos aplicando e queremos também aprender novas técnicas. Hoje Teresina é referência nacional, é orgulho nacional pelo que evoluiu na área educacional. A estrutura da forma pela qual o prefeito Firmino vem conduzindo a educação é modelo para todo o país”, revela.

O presidente da APPM, Jonas Moura, esteve à frente da reunião e falou da importância do FNDE ouvir os gestores no tocante às demandas da área da educação.

“Hoje recebemos a visita do presidente do FNDE, onde tivemos a oportunidade de ouví-lo sobre a nova formatação por que está passando o órgão e a nova política estabelecida através do menos Brasília e mais Brasil. O FNDE está com a proposta de ouvir todos os prefeitos e descentralizar suas ações. Essa é uma ação inédita aqui no Piauí, articulada pela APPM, e entre os dias 25 e 26 de junho estaremos recebendo o corpo técnico da instituição. Pedimos a todos os prefeitos e secretários de educação que venham para o encontro tirar suas dúvidas e a fim de juntos melhorarmos a gestão na área da educação. Também cobramos de uma forma muito forte a questão das obras paradas, dos mobiliários, os ônibus escolares e principalmente sobre os livros didáticos, que até o momento não chegaram a todas as escolas. O presidente foi muito solícito às nossas reivindicações e garantiu nos dar uma resposta rápida”, enfatiza Jonas Moura.

Ainda no encontro, Carlos Decotelli anunciou a reunião que o órgão estará promovendo com os gestores municipais do estado.

“Queremos ter a cooperação de todas as 224 prefeituras do Piauí, para que nos dias 25 e 26 de junho venham até Teresina, onde conversaremos sobre a melhor forma do FNDE interagir com seus programas para ajudar e atuar na melhoria da educação de todo o estado do Piauí. Queremos contar com a presença dos secretários de educação e prefeitos como convidados. Peço aos professores que vierem para o encontro que ouçam os pais, que tragam demandas objetivas para podermos aproveitar ao máximo o tempo que estivermos juntos. O FNDE estará dividido em onze oficinas de trabalho e trará vinte e sete profissionais que estarão aqui para estudar e capturar, de maneira conjunta, o que é mais adequado para a educação do Piauí”, pontua o gestor.

Também participaram do encontro o Secretário de Estado da Educação, Ellen Gera, os prefeitos dos municípios de Batalha, São Raimundo Nonato, Amarante, José de Freitas, Oeiras, Valença do Piauí e Murici dos Portelas, a presidente da UNDIME-PI, Cleidimar Tavares e técnicos municipais.

Por Alice Paranaguá.